Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Conheça os 12 mouses mais estranhos já inventados

por enginfouma, em 12.07.14

 

A imaginação dos designers pode ultrapassar os limites do bom senso, inclusive quando se trata de itens comuns no dia a a dia, como os mouses. Abaixo, você confere uma seleção elaborada pelo site Gizmodo com 12 modelos exóticos que chegaram a ser lançados, apesar da "cara" conceitual, mas não foram sucesso de vendas. Nem de crítica.

1) MousefoneReprodução


É um mouse, um telefone, mas não é as duas coisas ao mesmo tempo. Clicar em algo enquanto conversa? Esqueça.

2) Openoffice Mouse
Reprodução 


O OpenOffice é, em si, uma suíte gratuita muito boa para substituir o Microsoft Office. O mouse vendido pela empresa, no entanto, apesar dos 18 botões configuráveis e do joystick embutido, não anima muito.

3) Sexy Mouse
Reprodução 


Se você quiser ser visto como um cara estranho, basta usar um destes em meio a um restaurante ou café. O mouse vai atrair olhares, mesmo que você esteja simplesmente editando uma planilha de Excel. Além disso, ele parece bastante desconfortável para destros e não possui um scroll.

4) FPS Gun
Reprodução


Dá pra entender o design inspirado para jogos de tiro em primeira pessoa, mas o desconforto de empurrar sua "arma" para frente e ver seu personagem mirando pra cima deve ser difícil de engolir.

5) Novint Falcon
Reprodução


Embora este... mouse... pareça até interessante para jogos de tiro, perde a funcionalidade em outros casos, a menos que você prefira atirar em seus ícones e links ou tenha muito ódio das propagandas do Youtube.

6) 3d Connection

Reprodução

Pode não parecer, mas o 3D connection consegue ter mais funcionalidade do que um mouse comum. Não só a seta se move pela tela em dois eixos, como é possível puxar e empurrar o dispositivo para cima e para baixo, o que o torna útil na manipulação de objetos 3D.

7) Space ORB 360

 Reprodução

Só o diagrama da direita explicando como utilizar o mouse/controle já mostra que ele não é para qualquer um. É interessante, no entanto, que ele também consiga ser girado em todos os eixos, além de movido como um joystick. Com jogos especialmente preparados, ele poderia ser muito útil, ainda que complicado de usar. Jogos de naves da mesma época do mouse, como Descent, se beneficiavam particularmente dessa esfera esquisita.

8) Fentek Fingermouse
 Reprodução
Este mouse também é controlado como um gatilho. O dedo indicador fica inserido neste buraco do meio, enquanto o polegar é usado para mover a esfera e os botões. Segundo a empresa, isso diminui o risco de lesões no pulso.

9) Genius Ringmouse

 Reprodução
Insira o anel no indicador, utilize o polegar para controlar o mini-trackpad e os botões. Não é nada ergonômico, mas vale a pena pela novidade.

10) Logisys Fingermouse

 Reprodução

Ainda utilizado no dedo, mas com uma proposta diferente, este mouse funciona com um laser, emitido da frente do dispositivo, e deve ser utilizado como se fosse uma caneta, com a mão apoiada na mesa, enquanto se escreve. Só este encaixe de velcro é que não parece muito tecnológico.

11) Hillcrest Loop
 Reprodução

Depois de mouses colocados no dedo, finalmente um bracelete, correto? Não, o Hillcrest Loop deve ser segurado com mão, utilizando o polegar para ativar os botões e o scroll. A parte transparente do lado de trás é o que controla a movimentação da seta na tela, tornando-o útil para centrais de mídia e apresentações.

12) Logitec CybermanReprodução

O Cyberman tem, como característica mais interessante, o fato de possuir force feedback, ou seja: ele vibra de acordo com suas ações em jogos. No entanto, a necessidade de ser utilizado com a mão tão alta, acima da base, parece torná-lo bastante incômodo para utilização comum.

Fonte:Redação Olhar Digital 

Link:http://olhardigital.uol.com.br/noticia/43007/43007

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:24

IBM investe US$ 3 bilhões na próxima geração de chips para computadores

por enginfouma, em 12.07.14

Na expectativa de promover a nova onda de miniaturização dos eletrônicos, a IBM anunciou na quarta-feira investimento de US$ 3 bilhões - R$ 6,7 bilhões - no desenvolvimento de chips com 7 nanômetros. Eles serão menores, mais finos, rápidos e potentes que os atuais, com 22 nanômetros.

A ideia é aumentar a capacidade de processamento em chips menores a partir da substituição da atual geração de silício por materiais como nanotubo, carbono e grafeno. Este último é considerado a grande revolução da tecnologia dos processadores por causa de sua resistência, flexibilidade e capacidade.

“Nos próximos 10 anos, acreditamos que haverá novos sistemas muito mais eficientes para solucionar problemas e que poderão resolver coisas que são impossíveis atualmente”, disse T.C. Chen, vice-presidente de ciência e tecnologia da IBM Research.

Fonte:Redação Olhar Digital

Link:http://olhardigital.uol.com.br/pro/noticia/43009/43009

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:22


O BLOG DO SABER. O VALOR DO INTELECTO É A NOSSA MISSÃO

Links

LINKS ÚTEIS

Tecnologia ao seu alcance


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Julho 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


Mais sobre mim


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D